O sonho e a ponta de raiva

 Image
Estava no sofá assistindo o show do Arcade Fire, querendo ser a Régine Chassagne e com a Ilustríssima no colo quando eu senti uma ponta bem cortante de raiva de mim mesma por ter sido descaradamente negligente com o vestibular de Letras mais de dez anos atrás. No dia seguinte, na sala de aula do curso de preparação e revisão, eu senti muito mais raiva – por que eu demorei tanto para chegar aqui? – mas logo que as palavras começaram a dançar diante dos meus olhos, eu até fiquei feliz e pensando em Santo Agostinho, que longe de estar entre meus preferidos, um dia saiu-se com essa: Tarde eu te amei, beleza tão antiga e tão nova. Eis que habitavas dentro de mim e eu lá fora a procurar-te”.

Sonhei que estava numa sala de paredes brancas, prestes a ter um filho. De parto normal. Além do que era para ser um médico, uma amiga segurava minha mão enquanto eu gritava, louca por uma cesárea, “ME CORTA! alguém me corta porque não vai nascer, não vai nascer!”. Procurei ao redor se havia uma pai mas a despeito do pai ausente ou inexistente, pequena e forte, ela nasceu. Branquinha e cabeluda – num tom escuro como o meu -, eu peguei aquela criança toda coberta de sangue com a satisfação de alguém que chegou sozinha onde há muito queria estar. Sobre a experiência do parto normal, espero nunca ter que passar por isso de novo, nem no contexto onírico da coisa.
 
 
Anúncios

Um comentário sobre “O sonho e a ponta de raiva

  1. Zeus pariu sozinho a bela Palas Athena, toda melenas negras sobre pele alva. Saltou-lhe da cabeça já armada de escudo e lança, a imagem da sabedoria guerreira! Esse seu sonho tem futuro, hehehe…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s